Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Histórias Contadas

Geração desenrascada

Desenrascar

"Processo criativo que origina uma solução sem que existam as aparentes condições necessárias, por vezes efectuado através de métodos pouco ortodoxos."

 

Ontem fui à Universidade de Aveiro. À chegada deixei cair o telemóvel no parque de estacionamento. Não dei conta na altura. Quando me apercebi e voltei para trás, já era tarde... 

Não tenho nenhum topo de gama, mas é um smartphone simpático que serve muito bem para os meus (pequenos) vícios digitais... E tinha desaparecido! Pus-me logo a fazer filmes: alguém o encontrara e ficara com ele!

 

Passado poucos minutos, a colega que estava comigo recebeu um telefonema. Era o (meu) Nuno a avisar que o telefone estava na portaria dum dos edifícios da Universidade de Aveiro. A sério?! O Nuno, a 250 km de distância?! Mas como?

 

Passo a explicar: Uma estudante encontrou o telemóvel e, em vez de ficar com ele, fez algo muito diferente... ligou para a minha mãe (mãe é mãe, certo?!). A minha mãe avisou o Nuno e o Nuno ligou para a minha colega.

 

Já lhe chamaram Geração rasca. Hoje chamam-lhe Geração à rasca. Eu cá prefiro chamar-lhe Geração desenrascada... e honesta. Porque, em vez de guardar o telefone para si, esta miúda desenrascou-se para ajudar alguem que não conhecia.

 

E é isto! Apesar dos maus exemplos que nos saltam à vista todos os dias na televisão e jornais, este País está cheio de gente boa! 

Boa sexta-feira. Bom fim-de-semana! 

 

PS - É estudante universitária. Deve andar na Escola Superior de Saúde de Aveiro. Mas, é tudo o que sei a seu respeito. Por isso, deixo aqui o meu agradecimento, na esperança que algum dia o possa ler. 

3 comentários

  • Imagem de perfil

    Histórias Contadas 24.10.2014

    Olá, Magda
    É uma sensação maravilhosa, não é?
    Concordo! E tenho pena que a justiça não funcione para quem não o é.
    Beijinhos,
    Marta
  • Imagem de perfil

    Magda L Pais 24.10.2014

    se é. eu quase chorei de satisfação, confesso.

    Sim, claro que tens razão. é pena a justiça não funcionar como devia, sem dúvida
  • Comentar:

    CorretorEmoji

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Este blog tem comentários moderados.

    Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

    About me

    Mais sobre mim

    foto do autor

    Subscrever por e-mail

    A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

    Arquivo

    1. 2016
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2015
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2014
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2013
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2012
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D