Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Histórias Contadas

A-cor-dar #8 :: Porto

A pretexto de ter sido recentemente eleito o Melhor Destino Europeu de 2014, o a-cor-dar de hoje é dedicado à cidade invicta. E, para mim, pensar no Porto é pensar numa cidade renovada, que atrai cada vez mais jovens, em parte devido aos voos low cost que chegam em número crescente ao aeroporto Sá Carneiro e trazem gentes de toda a parte. Por isso, resolvi imprimir um estilo informal às escolhas de hoje, as quais são ideais para quem tem um espírito jovem e aprecia experiências únicas e verdadeiras. Afinal, a vida é feita disso mesmo… experiências! Espero que gostem!

A-cor-dar#08  Porto

#1 - Dixo’s Oporto Hostel

Situado no coração do centro histórico do Porto, num edifício do século XIX classificado pela UNESCO como Património Mundial, o Dixo’s Oporto Hostel é um dos mais recentes Hostels da cidade. 

Porquê um Hostel?

Escolhi um Hostel por ter um registo mais informal e que estimula o contacto entre pessoas de diferentes origens e culturas, mesmo ao jeito que eu queria para este a-cor-dar.

#2 - Malas Maria Maleta

A Maria Maleta é uma marca de acessórios, jovem, elegante e trendy, nascida e criada no Porto, que tem como factores-chave a qualidade e o design.

Porquê Maria Maleta?

Porque era menina para levar uma ou duas peças Maria Maleta para casa (pensando bem, eu já dei esta resposta várias vezes! Nuno, andas a ler o blog?!)

#3 - Oficina do Alfredo

A Oficina do Alfredo é uma oficina no Porto que faz lembrar as dos tempos dos nossos avós e onde se fazem brinquedos de madeira com amor.

Porquê a Oficina do Alfredo?

Estes cavalinhos de madeira remetem-me para a saudade dos dias longos e felizes da minha infância.

#4 - Rapa-tachos Bicho Sete Cabeças

O rapa-tachos da Bicho Sete Cabeças é uma reinterpretação do clássico “Salazar” o rapa tachos baptizado pelo povo com o nome de António de Oliveira Salazar, o ditador que governou Portugal durante o Estado Novo e por mais de 40 anos, muito representativo de décadas de escassez e pobreza.

Porquê o Rapa-tachos BSC?

Porque o acho divertido e super-útil para ajudar os filhotes a rapar a tigela dos meus bolos!

#5 - Grafista

Grafista é uma marca portuense de produção de artigos gráficos originais, desenvolvida pelo ilustrador & designer João Brandão. O desenho da marca é fortemente influenciado pela cultura gráfica nacional e apresenta uma declarada herança “vintage”.

Porquê Grafista?

Parece-me ser um excelente souvenir para quem vai ao Porto e quer levar para casa algo diferentes das clássicas t’shirts ou canecas.

#6 - EatWith

É uma comunidade internacional credenciada de pessoas que convidam outras a jantar nas suas casas. Para já, no Porto existem dois anfitriões: o DIY Francesinha: Do mercado para a mesa do almoço; e o Melhor de dois mundos, e estou indecisa entre qual escolher…

Porquê a EatWith?

Achei o conceito muito giro e confesso que estou tentada a fazer-me convidada para jantar em casa de alguém, mesmo que seja aqui ao virar da esquina…

 

Que tal?! Gostaram das minhas sugestões?

Boa sexta-feira, bom fim-de-semana!

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

About me

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2015
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2014
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2013
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2012
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D