Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Histórias Contadas

A história da Matilde Beldroega

HContadas-MBeldroega01

Hoje quero partilhar convosco a história e trabalho de Rita Pinheiro, autora da marca Matilde Beldroega®Uma história bonita e inspiradora de alguém que fez do mundo dos bonecos o seu mundo, na companhia da sua gata Matilde e, mais recentemente, da sua filhota Luisa.

Convido-vos a pegar numa chávena de café, sentar-se confortavelmente e apreciar esta viagem pelo mundo de Matilde Beldroega.

Today I’m sharing with you the story and the work of Rita Pinheiro, author of Matilde Beldroega® brand. A beautiful inspiring story of someone who turn the doll’s world into her own, always with the company of her cat Matilde and, more recently, their little daughter Luisa. 

Grab a cup of coffee, make yourself comfortable and enjoy this journey to Matilde Beldroega world.

HContadas-MBeldroega02

Fala-nos um pouco de ti. Conta-nos a tua história.

Chamo-me Rita, nasci e vivi no Barreiro até aos 17 anos. Sou licenciada em artes-plásticas e tenho como projecto profissional a marca de brinquedos e outras coisas - Matilde Beldroega. Cá em casa, por brincadeira, dizemos que somos um pouco nómadas, não só gostamos de mudar de casa como gostamos de mudar de localização geográfica, dentro do nosso país - Agora vivemos em Tomar, uma cidade simpática onde gostamos de estar.

Quais foram as tuas primeiras influências para o mundo das bonecas de tecido?

Sem dúvida, as bonecas de trapos que a minha avó paterna me fazia. Eram enormes. Feitas a partir de restos de tecidos que a minha avó guardava. Numa época em que se fazia roupa em costureiras e as sobras eram guardadas para remendos e outras coisas.

Can you tell us something about yourself? Can you share your story?

My name is Rita. I was born in Barreiro and lived there until I was 17 years old. I have a degree in Fine Arts and I design and produce fabric dolls and soft toys under the brand Matilde Beldroega. At home we like to see ourselves as nomads, because we really enjoy moving house and change geographic location, within our country, every now and then. Now we live in Tomar, a friendly town where we feel happy.

What were your earliest influences to the fabric dolls world?

Undoubtedly the rag dolls that my grandmother used to make for me. They were huge, made from scraps of cloth that my grandmother kept. By that time clothing was custom-made by seamstresses and scraps were kept so they could be used as patches, or be resewn into other items.

HContadas-MBeldroega04

 

About me

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Histórias Contadas no Bloglovin

Follow on Bloglovin

Histórias Contadas no facebook

Arquivo

  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2015
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2014
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2013
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2012
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D