Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Histórias Contadas

Convento

Convento01 by HContadas.jpg

Convento02 by HContadas.jpg

Convento03 by HContadas.jpg

Convento04 by HContadas.jpg

Convento05 by HContadas.jpg

Convento06 by HContadas.jpg

Convento07 by HContadas.jpg

Convento08 by HContadas.jpg

Convento09 by HContadas.jpg

Convento10 by HContadas.jpg

Convento11 by HContadas.jpg

Convento12 by HContadas.jpg

 

Escondido por entre as ruas estreitas e labirínticas do centro de Olhão, existe um lugar muito especial. Chama-se Convento e é uma guest house a lembrar os Riad marroquinos.

 

Originalmente, era o dormitório das raparigas que trabalhavam na indústria de conservas. Hoje em dia, pertence a um casal de estrangeiros, a Antje e o Guillaume, que resolveram fazer da Medina dos Pescadores (nome que dão a Olhão) a sua morada.  

 

Descobrimo-lo por acaso, numa busca pela net à procura de um hotel charmoso no Algarve. E foram as fotografias do espaço (ou melhor, do pátio e dos quartos) e a relação qualidade/preço que nos levaram a optar pelo Convento. 

 

Da rua não se imagina o que está para lá da porta do n.º 10 da Travessa António Bento. O melhor é entrar.

 

Lá dentro, tudo é pensado ao pormenor para tornar o ambiente tranquilo e relaxado...

Um espaço lindo, cheio de pormenores arquitetónicos; uma decoração em tons de branco e apontamentos de cor; o cheirinho bom das fragrâncias CastelBel.

Um quarto espaçoso e acolhedor, com chão radiante (que sabe tão bem nesta altura do ano) e um dossel sobre a cama.

Um pequeno-almoço delicioso, preparado pela Antje, com muitas frutas exóticas e outras iguarias deliciosas.

O terraço no último piso, com uma vista panorâmica sobre Olhão e sobre a Ria, onde existe uma pequena piscina e várias zonas lounge.

E, principalmente, a simpatia contagiante da Antje e do Guillaume, que foram incansáveis e nos fizeram sentir em casa. 

 

Isso é o Convento, a guest house mais charmosa do Algarve.

Feliz Dia dos Namorados!

 

Nota: Crianças com menos de 16 anos não são permitidas. Por isso, se quiserem levar os filhotes, recomendo que optem por uma das várias casas White Terraces, num estilo idêntico ao Convento, em regime de arrendamento de curta duração.

Hotéis com alma portuguesa viram tendência aos olhos do mundo

SnakeHousesPedrasSalgadas by HContadas

Já sabem o quanto eu acredito que Portugal faz bem. E é um orgulho saber que somos falados lá fora pelos melhores motivos. Desta vez é o Financial Times que destaca vários arquitectos portugueses.

 

Segundo este jornal os arquitectos portugueses estão a criar uma nova tendência na hotelaria: construir pequenos hotéis, longe dos grandes centros urbanos, em harmonia com a natureza.

Apesar de cada hotel ter a sua identidade muito própria, têm várias características em comum. O recurso a materiais pouco usados na construção, como a cortiça e a madeira reciclada, e práticas sustentáveis e eco-friendly são algumas delas. Mas, aquela que mais gosto é a forma genialmente bonita como foram pensados, que os torna verdadeiros elogios à paisagem do nosso país.

 

O referido jornal associa esta tendência à crise e à austeridade em que Portugal mergulhou nos últimos anos. Tenho para mim, que é um regresso às origens, às nossas raízes, àquilo que nos une como nação: a alma portuguesa.

 

Deliciem-se...

 

 

A alma de Lisboa num estilo urban chic

Lisbon's soul in an urban chic style

HContadas-AltisAvenida01

Trabalhei cerca de sete anos na Av. da Liberdade, ora de um lado, no edifício a norte do cinema S. Jorge, ora do outro lado da avenida, no edifício Skandia (da Mango e da Massimo Dutti, conhecem?). Não é de estranhar que tenha um especial carinho por esta avenida e pelos seus edifícios e palacetes que, em boa hora, começaram a ser mantidos e recuperados. Para além de ser uma das principais artérias da cidade, ao longo dos últimos anos transformou-se num ponto turístico por excelência, onde podemos encontrar as principais marcas internacionais de moda e também muitos hotéis de charme, onde apetece pernoitar…

HContadas-AltisAvenida02

HContadas-AltisAvenida03

I worked about seven years at Avenida da Liberdade (Freedom Avenue) in Lisbon, both on the left-hand side, in the building next to St. Jorge cinema, and on the right-hand side of the avenue, in Skandia building (from Mango and Massimo Dutti stores). Maybe that's the reason why this avenue, and all its wonderful historic buildings, is one of my favorite spots in Lisbon. Besides being one of the main arteries of the City Centre, over the past few years has become a tourist spot par excellence. There we can find major international fashion brands and several Boutique hotels, where we aim to stay...

HContadas-AltisAvenida04

HContadas-AltisAvenida05

Um dos meus preferidos é o Hotel Altis Avenida. Fica a sul da Avenida, em plena praça dos Restauradores num edifício histórico dos anos 50, de estilo modernista. Entrar neste hotel é como que regressar ao explendor dos anos 40. Lá dentro, o ambiente é de charme e glamour, numa mistura elegante em torno do conceito urban chic. Predominam os tons neutros, conjugados com o dourado, preto e alguns apontamentos em malaquita. Um excelente trabalho da dupla de Arquitectas Cristina Santos Silva e Ana Menezes Cardoso, que conseguiram de forma ímpar introduzir neste hotel todo o conforto e modernidade necessários a um hotel de 5 estrelas, sem comprometer a sua essência.

HContadas-AltisAvenida06

HContadas-AltisAvenida07

One of my favorite hotels is Altis Avenida. The hotel is a restored historic building built in the fifties, with a extraordinary location in Restauradores SquarePlunge back into the 40s as you walk through this hotel. The atmosphere is sophisticated and glamorous, in an elegant blend around the Urban Chic conceptIn this gorgeous hotel we can find a combination of neutral colors with gold, black and some details on malachite. An excellent work of the two architects Cristina Santos Silva and Ana Menezes Cardoso, who managed to introduce in Altis Avenida the comfort needed for a modern 5-star hotel, without compromising its essence.

HContadas-AltisAvenida08

HContadas-AltisAvenida09

No último piso, o Restaurante Rossio oferece deliciosas refeições acompanhadas por uma deliciosa vista de Lisboa. Aqui, o painel de azulejos que retrata a Lisboa dos Descobrimentos dá o mote à decoração: os dourados e pretos misturam-se com o branco e azul forte, num ambiente elegante e luminoso. A vista do terraço é maravilhosa: a norte, a av. da Liberdade segundo uma perspectiva pouco usual, onde predomina o verde da copa das árvores. A sul, uma vista deslumbrante sobre a baixa Lisboeta, na qual se destaca o elevador de Santa Justa e, ao fundo, o rio Tejo, entre o laranja dos telhados. Gosto, gosto muito!

HContadas-AltisAvenida10

HContadas-AltisAvenida11

On the pent floor, Rossio restaurant offers delicious meals and a delightful view of Lisbon. Here the blue-and-white Portuguese tile panel, from portuguese discoveries and explorations age, sets the tone for decoration: black and gold tones are blend with white and blue, creating an elegant and bright atmosphere. The terrace has a wonderful view from Lisbon: to the north, Av. Liberdade from an unexpected perspective over the green roof of the treetops; to the south, a amazing view of Lisbon storical downtown, with Tagus river in the backgound. I love it!

 

Imagens | Photos: Hotéis Altis

Rumo a Bogotá

On the way to Bogota

Foi em Bogotá, na Colômbia, que nasceu em 2012 mais um hotel com interiores da autoria da designer portuguesa Nini Andrade Silva

B.O.G. é o primeiro hotel colombiano a pertencer à cadeia de Design HotelsTM e percebe-se porquê: os interiores luxuosamente texturados contrastam com a fachada depurada do edifício, num estilo minimalista e sofisticado, que faz deste hotel um espaço único e especial. 

It was in Bogota, Colombia, who was born in 2012 another hotel with interiors designed by the Portuguese  internationally renowned designer Nini Andrade Silva.

The B.O.G Hotel is designed with a unique combination of luxury textures and colors in contrast with the stark, rectangular mass of granite and natural stoneclean building frontage that makes this hotel unlike any other-proud to proclaim its selection as the first Colombian hotel to be chosen as a Design Hotel. 

A decoração tem inspiração nas riquezas naturais deste país, como o ouro e as pedras preciosas, predominando os tons ouro e verde-esmeralda por todo o hotel, inclusive na cobertura que conta com uma piscina aquecida com uma vista panorâmica da cidade. 

Interiors are inspired by Colombia’s greatest natural treasures, gold and emeralds. The futuristic terrace pool allow unobstructed views of the city and its surrounds through a barely-there transparent screen.

Nos quartos também predominam os tons ouro e verde, a par com o cinza e o bege, combinados com pedra natural, bronze, espelhos e vidro matizado. Mas a decoração é intencionalmente simples e minimalista, sem comprometer todo o conforto que se exige a um quarto de hotel.  

Gold and emerald colors also predominate in the rooms, along with gray and cream combined with natural stone, bronze, mirrors and tinted glass. But the rooms are intentionally simple and minimalist, without compromising the comfort of a hotel room.

Sem dúvida, um hotel de sonho que valeu ao atelier de Nini Andrade Silva um prémio de melhor arquitectura de interiores do International Hotel Awards - Américas. Por cá, Nini também tem dado cartas, em hotéis como o The Vine, no Funchal, ou o Teatro, no Porto. Mas isso são outras histórias ainda por contar.

With this beautiful hotel Nini has received the award for best interior architecture of the International Hotel Awards - America. In Portugal, Nini’s work has also been recognized in hotels such as The Vine, in Funchal, or Teatro (Theatre) in Oporto. But those are other stories yet to tell.

 

Hotel da Estrela: Um regresso à infância escrito a giz

Hotel da Estrela: "Back to childhood" written in chalk

“Basta existir para ser completo”, lê-se no rodapé de uma parede do corredor. A frase de Fernando Pessoa está escrita a giz e a letra é como a dos livros de caligrafia, o que nos leva inevitavelmente a relembrar memórias do passado. O resto de giz nos dedos, os fragmentos que caiam enquanto escrevinhávamos no quadro preto, o pó que saia dos apagadores. O tempo passa a correr, mas as memórias ficam guardadas e sabe bem revisitá-las de vez em quando.

“Basta existir para ser completo”, a sentence you can read on the footer of the corridor wall. The quote by Fernando Pessoa is written in chalk and the handwriting is like the one you see in calligraphy books, which inevitably brings back past memories. The chalk dust on the fingers, the bits that fell off while you wrote on the blackboard, the dust that came out of the eraser. Time flies but memories stay and it is good to revisit them sometimes.

O Hotel da Estrela, em Campo de Ourique, aproveitou a fachada e o espaço de uma antiga escola industrial para criar aquele que é considerado um dos small luxury hotels of the world. Mas é mais do que isso. É um hotel que recria o imaginário das antigas escolas, é um hotel com uma alma e essência muito própria. Desde armários dos professores, a compassos, transferidores, máquinas de escrever, mesas de química, planisférios, quadros pretos, globos terrestres, suportes de tubos de ensaio e ainda os rodapés das paredes e o chão que são feitos em ardósia e nos quais é possível escrever. Todos estes objetos são reais e pertenceram a variadas instituições de ensino.  Mas este lado educativo do hotel não passa apenas pela história do edifício e pela decoração. Os alunos da Escola de Hotelaria e Turismo de Lisboa, edifício vizinho, têm a oportunidade de trabalhar no hotel, como parte do seu regime de avaliação curricular.

The Hotel da Estrela in Campo de Ourique used the building of an old industrial school to create one of the small luxury hotels of the world. But there is more to it than that. It is an hotel recreates the environment of ancient schools, it is an hotel with an proper soul and essence. From the teacher’s closets, to measures, protractors, typewriters, lab tables, planispheres, blackboards, globes, support tubes and even the footers and the floor, which are made of slate in which you can write. All these objects are real and belonged to old schools. This educational side of the hotel goes beyond its history and decoration. The students of the Escola de Hotelaria e Turismo de Lisboa, the building next door, have the opportunity to work at the hotel as part of their evaluation.

A Dra. Isabel Albuquerque, diretora do hotel, explica que o Hotel da Estrela pretende ser mais do que apenas um sítio que hospeda pessoas. Pretende ser um espaço aberto a quem o queira visitar, quer seja apenas em passeio ou para almoçar ou jantar na Cantina da Estrela, restaurante do hotel, ou para tomar um café ou uma bebida. O facto de ser um hotel relativamente pequeno, com um atendimento muito personalizado, contribui para que o ambiente seja acolhedor e as pessoas se sintam confortáveis no espaço.

Dr. Isabel Albuquerque, the hotel manager, explains that Hotel da Estrela intends to be more than ust a place where you can sleep in. It is a space open to visit, lunch and dinner at the hotel’s restaurante, Cantina da Estrela, or to have a coffee or a drink. Tha fact that it is a small hotel and the staff is so helpful allows a comfortable environment.

 

   

   

O hotel tem em exposição peças de escolas antigas, peças da Câmara do comércio luso-britânico e trabalhos de crianças.

The hotel has in exhibition pieces of old schools, pieces from Câmara do comércio luso-britânico and works of children.

     

Como o hotel passou a pertencer ao grupo Thema, na Cantina da Estrela cada mês tem um tema. Fevereiro será o mês da paixão. 

Since the hotel became part of Thema group, in Cantina da Estrela each month has its theme. February will be the month of passion.

   

As peças preferidas de Isabel são a máquina de escrever e a loungechair.

Isabel's favourite pieces are the typewriter and the loungechair.

 

Autor | Author: Rita Bernardo

About me

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Histórias Contadas no Bloglovin

Follow on Bloglovin

Histórias Contadas no facebook

Arquivo

  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2015
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2014
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2013
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2012
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D