Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Histórias Contadas

Lisbon Kids Market

LKM by HContadas

No sábado fui ao Lisbon Kids Market, desencaminhada por uma mão cheia de mães de coleguinhas da Mariana... Tinha tirado a manhã para arrumações (separar a roupa dos filhotes, organizar roupeiros, começar a fazer a limpeza geral de primavera), programa que adiei com entusiasmo face a tão tentador convite.

Foi a minha estreia em mercaditos. E lá me deixei deambular demoradamente por aquele mundo cor-de-rosa e azul pastel das marcas fofinhas para criança. Nestes mercados tudo é pensado ao pormenor, a começar pelo espaço… as cavalariças do Hotel Pestana Palace são giríssimas! O edifício muito bem cuidado, os tectos altos e trabalhados, os azulejos que vestem paredes e chão, e ainda todos os pormenores que lembram que, em tempos, aquele espaço foi uma cavalariça, como as boxes e os armários onde outrora se guardava o equipamento de equitação.

Juntem a isto uma vista deslumbrante da cidade e um maravilhoso mundo fofinho e estão reunidos os ingredientes para deixar qualquer mamã em êxtase. E não é para menos, porque nunca tinha visto tantas marcas para criança concentradas num único espaço.

Dantes contavam-se pelos dedos de uma mão as marcas para criança com coisas fofinhas. No nosso tempo, que me lembre, só havia duas: a cenoura e a milhinho, e era lá que as nossas mães compravam as kilts e as saias de veludo côtelé que acompanharam a nossa infância. Quando os meus filhos nasceram, eram uma meia dúzia e concentravam-se quase todas em Campo de Ourique. Mas, os últimos anos, a crise e os mercaditos das bloggers, trouxeram muitas outras que agora se tentam destacar entre si, diversificando nas cores e padrões, sem nunca abandonar os folhos, laços e todos os outros pormenores que tornam os miúdos ainda mais apetitosos e irresistíveis.

E foi giro ver as mães a varrer bancas, enquanto os pais lá iam conduzindo, com perícia e paciência, o carrinho do bebé por entre aquele mar de mulheres em delírio. Sorte tiveram os mais astutos que se refugiaram no pretexto de ir brincar com as crianças e esgueiraram-se para o jardim.

Não sei se por ainda não ter organizado a roupa, se pelos preços que não cabem na minha carteira, ou porque os filhotes já estão a entrar naquela idade em que as calças de ganga são farda para (quase) toda a ocasião, não trouxe nada para eles. Para compensar enfeirei uns trapitos para mim.

Posso ser estreante nas lides de mercados para crianças, mas no que toca a bazares para mamãs já levo uns bons anos de prática! ;)

Bom dia, boa segunda-feira!

 

3 comentários

Comentar post

About me

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Histórias Contadas no Bloglovin

Follow on Bloglovin

Histórias Contadas no facebook

Arquivo

  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2015
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2014
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2013
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2012
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D