Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Histórias Contadas

Carta à minha princesa

És mimada q.b., como qualquer segunda filha. Largaste o biberão há pouco. Substituíste-o por uma palhinha no copo. Menos mal, assim não temos de o levar connosco, de cada vez que dormimos fora. Tens no espelho o teu melhor amigo de brincadeiras, desafiando-o com novas caras e expressões de cada vez que passas por ele. E encarnas todas as personagens que vês nos livros. De preferência, as princesas porque tens orgulho em ser pirosa (e eu tenho para mim que esta palavra assumiu todo um novo significado desde que eu tinha a tua idade). Tens sorriso fácil. Gargalhada contagiante. E uma maneira engraçada de falar. Um misto de mimo com alguma falta de audição na altura em que se aprende a falar. Agora vais ter que corrigir isso. E vais ter que ser (novamente) operada ao ouvido. Tímpano manhoso que insiste em não fechar!

Vistas bem as coisas, 2014 vai ser um ano de desafios para ti, minha princesa. E, enquanto não consigo passar para mim as provas que a vida te reserva, vou-te compensando como posso, com doses extra de amor e o colo que será sempre teu.

1 comentário

Comentar post

About me

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Histórias Contadas no Bloglovin

Follow on Bloglovin

Histórias Contadas no facebook

Arquivo

  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2015
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2014
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2013
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2012
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D