Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Histórias Contadas

Alqueva

Se há coisa que fazemos questão que os nossos filhos conheçam, é o país onde nasceram. Se juntarmos a isso, amigos do peito e piquenique selvagem, temos reunidos os ingredientes para um sábado "daqueles".

E assim foi… manhã cedo rumamos a sudeste em direcção ao Alqueva. A viagem foi longa e as paragens muitas várias. Uma delas foi na estação de serviço de Montemor-o-Novo, onde nos cruzamos com este(s) senhor(es).

If there's one thing we insist that our children may know is their own country. We add that dearest friends and a wild picnic and we have all the ingredients for a wonderful Saturday.

And so it was ... early in the morning we went southeast to Alqueva. The journey was long and we had many several stops. One of them was in the Montemor-o-Novo gas station, where we come across this guy.

HContadas-Alqueva01

Sendo este o maior lago artificial da Europa Ocidental, abrangendo uma superfície de 250 km2 e cruzando vários municípios, tanto em Portugal como em Espanha, dizer que fomos passear ao Alqueva é, no mínimo, vago… Na verdade, o nosso primeiro destino foi a nova Aldeia da Luz.

Passámos Évora, Reguengos, Mourão. Cruzámos a aldeia e seguimos na direcção do grande lago, por uma estrada de terra, à procura do melhor local para o nosso piquenique selvagem. Não havia sombras. Por sorte, o tempo estava encoberto. E almoçámos mesmo ali, sobre um manto fofo de erva seca.

The Alqueva Dam constitutes one of the largest dams and artificial lakes (250 km²) in Western Europe, crossing several states, in Portugal and in Spain.  So, when I say we went to Alqueva I really want to say that our destination was the new Aldeia da Luz (Village of Light).

We crossed Évora, Reguengos, Mourão, Aldeia da Luz and we went headed towards the big lake looking for the best place for our wild picnic. There were no tree shadows. Luckily, the sky was cloudy. And we had lunch over the fluffy dry grass.

HContadas-Alqueva02
HContadas-Alqueva03

Depois do almoço, fomos conhecer a aldeia. Falar com as gentes. Visitar o museu. Perceber um pouco melhor a história da antiga Aldeia da Luz, que ficou completamente submersa há mais de dez anos, pelas águas do Alqueva, e desta nova povoação para onde se mudaram os habitantes.

After lunch, we went to the village. We talked to the people. We visited the museum. We understood a little better the history behind the ancient Aldeia da Luz, which is completely submerged for more than ten years, under the Alqueva waters, and this new village.

HContadas-Alqueva04
HContadas-Alqueva05

A verdade é que continua a ser o mesmo Alentejo de casas brancas e cantarias coloridas, gente simpática e acolhedora, que nos recebe de braços abertos, como se de amigos de longa data nos tratássemos.

The truth is this is still the same Alentejo, with whitewashed houses and friendly people, who welcomed us with open arms, as if we where longtime friends.

HContadas-Alqueva06
HContadas-Alqueva07

A meio da tarde, já as núvens iam longe e o sol se fazia sentir, fomos até à praia. Apesar dos 1100 kms de margens, o Alqueva tem apenas uma praia fluvial, localizada em Espanha. Portanto, cruzamos a fronteira, perante o entusiasmo das crianças, e seguimos mais uma dezenas de quilómetros até à praia fluvial de Cheles. O ambiente era de festa, bem ao jeito de "nuestros hermanos". E nós dançámos a mesma música, cantámos a mesma canção e nadámos nas mesmas águas, quentes e convidativas, do grande lago.

During the afternoon, when the sun finally came out, we went to the beach. Despite the 1100 kilometers of margins, Alqueva only has a river beach, located in Spain. Therefore, we crossed the border and drive another twenty to thirty kilometers to the river beach of Cheles. In there, we found a Spanish-style festive atmosphere, where we fit just perfectly. So, we danced the same music, we sang the same song and we swam in the same warm and inviting waters from the great lake.

HContadas-Alqueva08
HContadas-Alqueva09

Ao final da tarde, sentados à sombra de um sobreiro, merendámos as sobras do almoço e saboreamos o calor e a brisa do final do dia, antes do regresso.

Seguiu-se uma viagem de 250 km que, apesar de extensa, se revelou bem mais calma que a anterior, já que as crianças se renderam ao cansaço de um dia intenso, enquanto nós nos deliciámos a ouvir o concerto dos Depeche Mode na rádio.

At the end of the day, sitting in the shade of a cork oak, we ate the lunch leftovers and enjoy the warm breeze. Our jorney back was much more quiet than the other, with children slipping in the back seat, while we listened to Depeche Mode Live performance on the radio.

 

E aí desse lado, como foi o vosso fim-de-semana?

And what about your weekend?

About me

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Histórias Contadas no Bloglovin

Follow on Bloglovin

Histórias Contadas no facebook

Arquivo

  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2015
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2014
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2013
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2012
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D