Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Histórias Contadas

A história da Matilde Beldroega

HContadas-MBeldroega01

Hoje quero partilhar convosco a história e trabalho de Rita Pinheiro, autora da marca Matilde Beldroega®Uma história bonita e inspiradora de alguém que fez do mundo dos bonecos o seu mundo, na companhia da sua gata Matilde e, mais recentemente, da sua filhota Luisa.

Convido-vos a pegar numa chávena de café, sentar-se confortavelmente e apreciar esta viagem pelo mundo de Matilde Beldroega.

Today I’m sharing with you the story and the work of Rita Pinheiro, author of Matilde Beldroega® brand. A beautiful inspiring story of someone who turn the doll’s world into her own, always with the company of her cat Matilde and, more recently, their little daughter Luisa. 

Grab a cup of coffee, make yourself comfortable and enjoy this journey to Matilde Beldroega world.

HContadas-MBeldroega02

Fala-nos um pouco de ti. Conta-nos a tua história.

Chamo-me Rita, nasci e vivi no Barreiro até aos 17 anos. Sou licenciada em artes-plásticas e tenho como projecto profissional a marca de brinquedos e outras coisas - Matilde Beldroega. Cá em casa, por brincadeira, dizemos que somos um pouco nómadas, não só gostamos de mudar de casa como gostamos de mudar de localização geográfica, dentro do nosso país - Agora vivemos em Tomar, uma cidade simpática onde gostamos de estar.

Quais foram as tuas primeiras influências para o mundo das bonecas de tecido?

Sem dúvida, as bonecas de trapos que a minha avó paterna me fazia. Eram enormes. Feitas a partir de restos de tecidos que a minha avó guardava. Numa época em que se fazia roupa em costureiras e as sobras eram guardadas para remendos e outras coisas.

Can you tell us something about yourself? Can you share your story?

My name is Rita. I was born in Barreiro and lived there until I was 17 years old. I have a degree in Fine Arts and I design and produce fabric dolls and soft toys under the brand Matilde Beldroega. At home we like to see ourselves as nomads, because we really enjoy moving house and change geographic location, within our country, every now and then. Now we live in Tomar, a friendly town where we feel happy.

What were your earliest influences to the fabric dolls world?

Undoubtedly the rag dolls that my grandmother used to make for me. They were huge, made from scraps of cloth that my grandmother kept. By that time clothing was custom-made by seamstresses and scraps were kept so they could be used as patches, or be resewn into other items.

HContadas-MBeldroega04

Matilde Beldroega é o nome da marca, mas não o teu. Como surgiu a Matilde Beldroega?

O projecto, propriamente dito começou um ano antes de criar o blogue e não se chamava Matilde Beldroega. No início fazia principalmente bonecas de tecido, precisamente com sobras de tecidos e roupa reciclada, minha e da família inteira. Também tive a sorte de me ter sido oferecido, pelos tios do meu marido, que tinham tido uma loja de decoração, um grande carregamento de tecidos muito bonitos.

Não comecei logo a divulgar na net, até porque o universo dos blogues não me era muito familiar. Enviava cartas e emails para lojas, participava em feiras, etc... Até que, a dada altura, coincidindo com o início do boom dos blogues deste género, criei o Matilde beldroega, em 2005.

Porque na altura estava a viver no Alentejo, quando pensei em dar um nome ao projecto e ao blogue, lembrei-me das beldroegas, que ADORO em sopa! A Matilde é a minha amiga gatinha, que me acompanha há 10 anos.

Matilde Beldroega (Purslane in English) is the brand’s name, not yours. When did Matilde Beldroega born and why is it called like that?

The project itself began a year before the blog, but by that time it had a different name. Most of the dolls were made with cloth scraps and recycled clothing, from me and my whole family. But, shortly after, I was very lucky because my husband's uncle, who had a decoration store, offered me a large quantity of beautiful fabrics.

At the beginning I start promoting my work in local stores and craft fairs. By that time I didn’t really know the blogging universe that well… But, at some point, matching with the beginning of the boom of craft blogs, I created Matilde Beldroega – brand and blog, in 2005.

By the time I decided to choose a name for the project and blog I was living in Alentejo. So I thought of Beldroega (purslane in English) that I LOVE in soup. Matilde is my cat and daily companion for ten years.

HContadas-MBeldroega04
HContadas-MBeldroega05

Desenvolves vários projectos: bonecos, bichinhos, andorinhas, tendo como base o tecido, que conjugas numa deliciosa mistura de texturas e cores. Tudo isto sem descurar os pormenores, como roupas e acessórios. Como surge a inspiração para cada boneco Matilde Beldroega?

A inspiração surge de vários sítios e de várias maneiras. Por vezes sinto-me como se fosse uma esponja, vou absorvendo as coisas à minha volta. Tudo é importante, dar atenção ao que me rodeia é essencial, andar de olhos abertos e não ver só a superfície das coisas. Outras vezes o próprio material que estou a trabalhar é o suficiente para me tentar a imaginação - Deixar-me encantar é a chave para tudo!

Este é muitas vezes o caminho para as ideias, daí até ao final, ao objecto em si, há todo o processo de transformação, de experimentação, muitos erros e muitas tentativas falhadas até chegar aquele sítio onde me parece que o objecto produzido se aproxima o mais possível da ideia que eu tenho dele, do que eu queria que ele fosse. Nem sempre se acerta; mas o engraçado, é que no meio do processo de fazer uma determinada coisa, que quero que seja de determinada maneira, algumas vezes acabo por encontrar outra que pode ser bem mais interessante.

Como evoluíram os bonecos e bichinhos Matilde Beldroega ao longo destes anos?

Na medida da minha experiência, domínio das técnicas e da minha própria evolução pessoal.

A tua filha Luisa fez recentemente um ano. Ser mãe trouxe alguma mudança ao teu trabalho?

Ao meu trabalho, talvez, não sei bem, ainda não consigo perceber. Ao ritmo e gestão do trabalho, sim, mudou quase tudo!

You design all kind of soft toys: dolls, pets, swallows which you combine in a delicious blend of textures and colors, without forgetting details such as clothing and accessories. Where do you find inspiration for all that?

Inspiration comes from several places and in various ways. Sometimes I feel like a sponge, absorbing all around me. Everything matters! Is essential to pay attention to what is going on around you, to walk with eyes wide open and see beneath the surface. Other times, my source of inspiration is the material itself – get involved is the key! This is the path to Idea. From Idea to the object, there is the whole process of transformation and experimentation that includes some errors before get it as I had imagined. The funny thing is that sometimes during the process it becomes different from what I had in mind and I just find it much more interesting!

How did Matilde Beldroega dolls and pets evolve over the years?

In the extent of my experience, technical skills evolution and my own personal evolution.

You have just celebrated your daughter Luisa first anniversary. How has becoming a mom changed your work?

When I think about the work itself, I just don’t really know yet. In terms of work management, yes, it has been a big change!

HContadas-MBeldroega11
HContadas-MBeldroega12

Podes falar-nos um pouco do teu atelier? Tens algum mood board de inspirações? Descreve-o e diz-nos o que mais gostas nele.

Já tive vários espaços de trabalho. O actual é o mais simples de todos desde o início. Como mudámos de casa recentemente, já com a Luísa, ainda não tive muito tempo para lhe dedicar. Está com o essencial e em pleno processo de adaptação a um pequeno ser que está quase a andar e já deita a mão a tudo.

Sou uma forte adepta do mood board, mas por agora as paredes estão muito despidas de imagens, o que por vezes também sabe bem e é importante.

O que mais gosto no meu novo espaço é o mesmo que no resto da casa – tectos de madeira pintados de branco e chão de tábua corrida

Can you describe your working space? Do you have an inspiration mood board? What you like most about it?

I've had multiple working spaces. This one is the cleanest of all. Since we moved recently, I still haven’t had the time to decorate it. It has the essential and I’m still trying to adapt it to Luisa that is almost walking.

I think mood boards are a great tool, but for now the walls are empty and that sounds good.

The thing that I really appreciate in my new working space is the wood ceilings and white painted wooden floor.

HContadas-MBeldroega06
HContadas-MBeldroega07

Trabalhar a partir de casa é difícil pois exige muita disciplina. Fala-nos como geres o teu dia-a-dia e como concilias vida profissional com vida pessoal.

É difícil, sim! Ao contrário daquilo que muitas pessoas julgam, trabalhar a partir de casa não é o mesmo que estar em casa de papo para o ar, refastelada no sofá como se fosse sempre fim-de-semana. Trabalhar a partir de casa é trabalhar como se trabalha em qualquer outro sítio.

Desde cedo percebi que se queria produzir efectivamente alguma coisa tinha que estabelecer horários e rotinas de modo a não misturar a vida doméstica com o trabalho, e tentar ao máximo ser disciplinada. Isso é o meu ideal supremo, se consigo pôr isso em prática é outra conversa. A verdade é que a maior parte dos meus dias acabam sempre por ser uma grande misturada. Se juntarmos a essa equação um bebé, a complicação sobe bastante de nível. Mas continuo a achar possível a convivência pacífica entre as diferentes vidas num mesmo espaço!

Working from home (and motherhood) is not an easy task because it requires a lot of discipline. Would you share with us your daily routine?

It is rather difficult! Contrary to what people might think, working from home is not the same as being at home like you were on vacation.

I soon realized that and I struggled to find the right balance by establishing schedules and routines and try my best to be disciplined. But the truth is that most of the time my days end up being a big mixed. If we add a baby to this equation, the difficulty increases. But I still find it possible managing work and home responsibilities under the same roof!

HContadas-MBeldroega08
HContadas-MBeldroega09

Que conselhos dás a pessoas que, tal como tu, queiram lançar o seu próprio negócio na internet a partir de casa?

O mais importante, acima de tudo, deverá ser o interesse e originalidade do negócio. Um site ou blogue bem-feitos são uma boa ajuda. Depois, claro, é importantíssimo fazer uma boa divulgação, e isso não passa só pela net. Na net, uma boa divulgação não é "spamar" todos os contactos de cada vez que se faz alguma coisa nova. É importante criar uma lista de contactos de pessoas realmente interessadas. Não basta criar uma página no facebook. Há muitas pessoas que não têm FB, nem sequer gostam do FB. Eu conheço umas quantas. A calma, perseverança e paciência, são óptimos aliados.

O que podemos esperar como próximos projectos da Matilde Beldroega?

Hum... a minha cabeça anda quase sempre a mil. Tenho sempre muitas ideias que gostava de pôr em prática, a maior parte vai-se com o vento. As boas, tento amadurecê-las com calma. Tenho alguns projectos novos na forja, mas não posso contar, é segredo! :)

What one piece of advice would you give anyone on how to start an online business from home?

The most important thing is the interest and originality of the business. A good design and usability is a good help. You also need to promote your work both online and offline. Online, it’s important to have a reliable mailing list. Having a FB page is not enough, because there are still many people without facebook accounts. Patience and perseverance are also great allies.

Would you share with us your upcoming projects?

Hum .. I’m always full of ideas. But most of them go with the wind. The others, the good ideas, I try to get them mature, before putting them into practice. By now I’m working on some new projects, but I cannot tell you yet, it's a secret! :)


Cá esperamos pelas novidades!

We can't wait for the news!

Matilde Beldroega: site | blog | store

 

About me

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Histórias Contadas no Bloglovin

Follow on Bloglovin

Histórias Contadas no facebook

Arquivo

  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2015
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2014
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2013
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2012
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D