Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Histórias Contadas

Sky Garden - Testem os vossos limites

HC_SkyGarden01.jpg

Este fim-de-semana fomos descobrir Coimbra e, por recomendação de uns amigos, começámos o nosso passeio no Jardim Botânico literalmente em cima das árvores.

 

Não pensem que sou do estilo radical... Lá por ter descoberto o yoga suspenso, não quer dizer que vá experimentar todas as atividades desafiantes que me lembre. Acontece que os filhos puxam-nos para estas coisas e, quando o pai tem vertigens, é a mãe que se chega à frente...

 

HC_SkyGarden02.jpg

HC_SkyGarden03.jpg

HC_SkyGarden04.jpg

HC_SkyGarden05.jpg

HC_SkyGarden06.jpg

HC_SkyGarden07.jpg

HC_SkyGarden08.jpg

Chama-se Sky Garden e é um parque aventura de Arborismo, inserido na mata do Jardim Botânico, em plena cidade de Coimbra. 

 

O parque tem 5 percursos, que vão aumentando de altura e grau de dificuldade. O primeiro é o percurso iniciados e é aí que tudo começa... Depois é seguir em frente, um a um, até ao mais físico e desafiante de todos, o percurso desporto.

 

As crianças com menos de 1,40 m devem ser acompanhadas por um adulto e, como lá em casa temos dois baixotes, este é o ponto de partida para a (minha) aventura. 

 

A Mariana assustou-se logo no primeiro percurso e não quis continuar. O Gonçalo, que é arraçado de Mogli, fez os percursos todos. Quanto a mim, lá o fui seguindo... ao meu ritmo, e só até completar o segundo percurso (os restantes deixei para ele. Eu já tinha a minha dose!).

 

Deixo-vos com algumas imagens. Acho que falam por si... entre diversão e nervosismo, as emoções estão lá todas.

 

HC_SkyGarden09.jpg

HC_SkyGarden10.jpg

HC_SkyGarden11.jpg

HC_SkyGarden12.jpg

HC_SkyGarden13.jpg

HC_SkyGarden14.jpg

HC_SkyGarden15.jpg

 

Este projeto tem ainda uma componente ambiental e de preservação da mata interessante. Por um lado, as plataformas são colocadas segundo técnicas que não prejudicam as árvores. Para além disso, os colaboradores do Sky Garden que estão habituados às alturas, fazem a poda das árvores e a manutenção da mata. 

 

Mas, nem tudo são boas notícias, o Sky Garden vai sair do Jardim Botânico no final deste ano. Parece que a universidade tem novos planos para a mata e eles terão que ir embora. Por isso, se ficaram com vontade de experimentar, apressem-se!

 

Boas aventuras e bons voos!

Liebster Award

Liebster.png

Agora que já sabem o quão divertido é fazer yoga suspenso e andar de cabeça para baixo, feita morcego, chegou a altura de partilhar mais algumas coisas a meu respeito.

 

Passo a explicar: 

A Andando do blogue Camaleão Andante nomeou-me para o "Liebster Awards", um desafio que anda a percorrer a blogosfera e que consiste em escrever 11 factos sobre mim, responder às perguntas de quem me desafiou, indicar alguns blogs com menos de 200 seguidores e fazer 11 perguntas a quem eu desafiar [ah pois é!...]

 

Obrigada, Andando pelo desafio! 

Não foi fácil e acho, até, que me excedi nos caracteres. Ainda assim, aqui ficam as minhas respostas:

 

11 Factos sobre mim 

#1. Sou a Marta, tenho 40 anos, sou casada com o Nuno e sou mãe de duas crianças (o Gonçalo e a Mariana). Gostava de ter mais um filho, mas acho que já não tenho paciência para engravidar novamente... 

 

#2. Gosto de desafios e gosto de aprender coisas novas. Nos últimos tempos tenho andado interessada em alimentação saudável e liderança participativa.

 

#3. Adoro jantares a dois, num espaço bonito e com um bom vinho a acompanhar [desde que sou mãe, este é o tipo de programa que é cada vez mais raro...]

 

#4. Sou um ótimo garfo! Que me lembre só não gosto de sushi, chantilly e, por opção, deixei de beber leite há alguns anos. 

 

#5. Não sei mentir. Quem me conhece percebe sempre que o faço. Felizmente, nisso os meus filhos saem a mim!

 

#6. As pessoas excêntricas divertem-me. Mas não gosto de pessoas que dizem mentiras. Quem mente por pouco, mente por muito.

 

#7. O yoga e o mindfulness fazem parte da minha rotina e estou a aprender a libertar-me de juízos de valor [tarefa difícil, esta!].

 

#8. Adoro viajar! Acho que era uma pessoa feliz se ganhasse a vida a escrever sobre viagens.

 

#9. Gosto muito de decoração. Gosto de reabilitar peças antigas e misturá-las com outras novas [pensando bem, também me sentiria muito realizada nesta área!]

 

#10. Sou apaixonada por Portugal e acredito muito nas pessoas e no saber fazer português.

 

#11. Ganho a vida como consultora na área de saneamento. Costumo dizer aos meus filhos que trabalho com caca. Alguém tem que fazer o trabalho sujo!

 

 

Perguntas

Que tipo de restaurantes preferes?

Gosto de conhecer espaços novos, de preferência onde se coma bem e que tenham bom ambiente. 

 

Diz uma coisa que ainda não tenhas feito e gostasses de fazer brevemente

Viajar a Itália ou à Holanda. 

 

Que tipo de turista és?

Sou curiosa. Gosto de ir à descoberta, de mapa na mão e sem grandes planos. Gosto de experimentar vivências autênticas e ir aos sítios frequentados pelas gentes locais.

 

Que objecto levas sempre na mala?

A máquina fotográfica.

 

O que é para ti o sábado ideal?

Um sábado em que não tenha que pôr o despertador. Lá em casa, as atividades dos filhotes começam às 9 da manhã...

 

Qual a tua bebida preferida?

De dia água. Ao jantar vinho.

 

O que te faz ler e seguir blogs?

Depende muito do momento... gosto de blogs de viagens, lifestyle, decoração, diy, receitas, moda... mas, o que me cativa mais nos blogs é um design clean, imagens giras, e, acima de tudo, textos escritos num estilo descomplicado e genuíno.

 

Qual a tua opinião sobre o mundo dos blogs?

É um mundo que me diverte. 

 

Qual o teu animal preferido?

Tenho dois: O gato e o cavalo.

 

Qual a rede social que mais acompanhas?

Instagram. Delicio-me a ver as imagens.

 

Se tivesses um super-poder qual seria?

Ser uma super-mãe, sempre disponível, bem disposta e tolerante. 

 

 

[e agora...] As minhas perguntas

 

1. Porque decidiste criar um blogue?

2. Porque escolheste este nome para o teu blogue?

3. Onde encontras inspiração para escrever posts?

4. Qual o post que te deu mais gosto escrever? 

5. Que tipo de blogues gostas mais?

6. Qual a tua viagem de sonho?

7. Qual o teu escritor preferido?

8. Qual o teu hobby preferido?

9. O que é que te deixa com um sorriso nos lábios?

10. O que te põe mal disposta?

11. [E agora, em jeito de Daniel Oliveira] O que dizem os teus olhos?

 

 

Por último, deixo-vos as minhas nomeadas:

 

Boa sorte, meninas!

Yoga suspenso - a atividade mais louca do momento

HC_YogaSusp.jpg

Esqueçam tudo o que sabem ou pensam saber sobre Yoga. Hoje vou falar-vos de uma experiência completamente diferente. Chama-se Yoga Suspenso e é de longe a aula de grupo mais louca e desafiante que já pratiquei!

 

Mas, o que é o Yoga suspenso?

É uma aula de Yoga onde treinamos a alguns centímetros do chão, com a ajuda de um pano. Esse pano está suspenso no teto e serve de apoio nas posições típicas de Yoga, sejam posições de flexibilidade ou de força.

 

Na segunda-feira fui experimentar e, à medida que a aula avançava e que o instrutor nos lançava novos desafios, só pensava: "Não vou conseguir. Isto é louco demais, não vou conseguir!".

Mas... consegui! Uma, outra e outra posição, até ao desafio final de ficar de cabeça para baixo, como esta imagem testemunha (juro que sou a penúltima nesta fila de mulheres-morcego). 

 

Sei dizer-vos que foi uma experiência espectacular. Senti um misto de diversão com superação pessoal. Muito bom! E, se dúvidas houvesse sobre a forma como trabalha o corpo, posso dizer-vos que passei os dias seguintes a conversar com músculos que desconhecia, principalmente, abdominais.

 

Muito louco! 

 

Imagem: Jaya Yoga Shala

DIY - Como renovar mesas de apoio

HC_Mesas01.jpg

Um dos desafios de remodelar o apartamento foi encaixar num orçamento limitado todas as mudanças que queria fazer. Por isso, tive que usar de alguma criatividade e aproveitar ao máximo os recursos que tinha.

 

Tinha guardado na arrecadação um conjunto de 3 mesas de apoio que, por não se enquadrarem na decoração lá de casa, tinha posto de lado, e que acabei por usar como mesas de cabeceira no segundo quarto. Originalmente as mesas tinham dois tons: madeira escura (tampo) e amarelo mostarda (pés), cores que não se adaptavam à decoração que pretendia para o quarto. Daí que tenha decidido pintá-las.

 

Admito que sou fã de transformar móveis antigos, pintando-os com cores mais atuais e, sempre que se justifique, substituindo o estofo. E nada como pôr mãos à obra! Para tal, tive a preciosa ajuda da Mouse, a nova lixadora da BLACK+DECKER. É mais leve do que uma lixadora tradicional e muito intuiva (de tal forma que nem tive que ler o manual). Desconfio que foi desenhada a pensar em nós, mulheres... Eu fiquei fã!

 

Material:

2 mesas
Mouse da BLACK+DECKER com folha de lixa de malha - grão 120
(em alternativa poderão usar lixa para madeira - grão 100)
Tinta 
Pincel
Sonasol verde

 

HC_mesa02.jpg

 

Mãos à obra:

#1 - Limpar cuidadosamente a gordura das mesas, com recurso a um esfregão embebido em Sonasol Verde.

#2 - Lixar bem toda a superfície das mesas, para que fique uniforme. Estas mesas tinham uma camada brutal de tinta nos pés e, confesso que se não fosse a ajuda da Mouse, teria desesperado...

#3 - Limpar bem a madeira para retirar todo o pó que ficou na mesa, em resultado de ter sido lixada.

HC_mesa03.jpg

#4 - Pintar. Dar uma primeira de mão, tendo cuidado para não deixar escorrer gotas de tinta. Passar com o pincel numa direção e depois espalhar a tinta a 90º.

#5 - Deixar secar (recomendo que deixem secar, pelo menos, 1 a 2 dias dependendo do tempo).

#6 - Dar a segunda de mão, usando a mesma técnica. Uma vez mais, deverão ter cuidado para não se acumularem gotas de tinta. Se, por acaso, tiver escorrido alguma gota e esteja seca, lixem de forma a uniformizar a superfície e voltem a pintar essa zona. 

 

Agora é só secar. Desta vez, recomendo que esperem cerca de 1 semana, antes de colocar objetos sobre a mesa.

Boas pinturas!

HC_mesas05.jpg

Que vos parece, gostam?

Uma espécie de Querido Mudei a Casa

Enquanto estive afastada das lides online, andei entretida com alguns projetos offline...

 

Um deles foi a remodelação de um apartamento no Algarve, que me deu imenso gozo. 

O apartamento estava muito cheio e tinha uma decoração, a meu ver, pesada e antiquada. A ideia foi dar-lhe um toque mais fresco, tornando-o numa casa de férias, funcional e confortável. 

Por uma questão de orçamento, procurei aproveitar ao máximo o mobiliário existente. No entanto, optei por fazer duas mudanças que me pareceram essenciais: colocar um sofá-cama na sala, de cor neutra e linhas direitas, e mudar um dos quartos, a pensar nas famílias que, tal como nós, têm filhos e procuram um segundo quarto com camas individuais. 

 

Deixo-vos com um resumo do antes e depois. Se quiserem ver mais imagens, ou até (quem sabe!) ir lá passar uns dias, poderão espreitar o Airbnb aqui

 

Antes:

HC_Antes01.jpg

HC_Antes02.jpg

HC_Antes03.jpg

HC_Antes04.jpg

HC_Antes05.jpg

 

Depois:

Sala

HC_Depois03.jpg

HC_Depois01.jpg

HC_Depois02.jpg

HC_Depois04.jpg

Quarto

HC_Depois06.jpg

HC_Depois05.jpg

HC_Depois07.jpg

Segundo Quarto

HC_Depois11.jpg

HC_Depois09.jpg

HC_Depois10.jpg

Hall

HC_Depois13.jpg

Pormenores

HC_Depois14.jpg

Varanda e jardins

HC_Depois15.jpg

HC_Depois12.jpg

 

Que vos parece, gostam?

Pág. 1/2

About me

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Histórias Contadas no Bloglovin

Follow on Bloglovin

Histórias Contadas no facebook

Arquivo

  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2015
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2014
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2013
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2012
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D