Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Histórias Contadas

A-cor-dar #3 :: Serra da Estrela

Esta semana o a-cor-dar soma e segue para o ponto mais alto do continente: a Serra da Estrela. E se a chuva que se faz sentir por aqui não tem graça nenhuma, a neve que cai por lá tem muito mais encanto...

A-cor-dar#3-Serra by HContadas

#1 - Casa das Penhas Douradas

É um hotel de charme localizado a 1500 m de altitude, em plena Serra. Aqui o design e o conforto convivem em perfeita harmonia e, nesta altura do ano, tem um encanto especial para quem gosta de estar no quentinho a contemplar a paisagem branca e fria lá fora.

Porquê a Casa das Penhas Douradas?

Pelo ambiente confortável e acolhedor; pela simpatia de quem nos recebe; pela decoração e pelo Burel. Mas deste último vou falar a seguir...

#2 - Capucha

É um agasalho tradicional português, feito em burel (um material 100% lã e impermeável), usado por pastores e lavradores na vida do campo, que aparece reinventado pela mão desta marca.

Porquê a Capucha?

Pelo conceito de sempre (que eu adoro!): Contemporaneidade e reinvenção de produtos tradicionais portugueses.

#3 - Soft toys Carapau de Corrida

Bonecos feitos artesanalmente em burel, desenhados pela dupla Rita Faria e Tiago Couto, ambos licenciados em Design de Comunicação.

Porquê Carapau de Corrida?

Porque são divertidos, coloridos e adaptam-se a qualquer decoração de quarto de criança.

#4 - Burel Factory

Um projecto dos donos da Casa das Penhas Douradas, que nasceu com o objectivo de manter vivo e reinventar o valor das riquezas da região, combinando a arte e o saber dos tecelões da vila de Manteigas com o design de hoje, criando peças originais, de traço contemporâneo. 

Esta imagem pertence ao Ethnic Christmas House um projeto do Atelier Lígia Casanova para o Burel.

Porquê o Burel?

Será necessário dizer mais alguma coisa?!

#5 - Penhas Douradas Food

Marca de produtos gourmet que usa ingredientes tradicionais da região da Serra da Estrela. À semelhança do Burel, este é um projecto by Casa das Penhas Douradas.

Porquê o Penhas Douradas Food?

Pelo inconfundível sabor das iguarias preparadas com os melhores ingredientes.

#6 - Mantas Coyuchi

Esta é a minha escolha vinda lá de fora. Umas mantas fofas e quentinhas feitas a partir de lã de ovelhas que pastam nas brumas frias do Canadá.

Porquê a manta?

Já estou a imaginar... o conforto e aconchego desta manta numa tarde fria de domingo. E se estiver a chover lá fora?! Uiii, ainda melhor ;)

 

Por hoje é tudo. Já sabem, na próxima sexta-feira há mais a-cor-dar. Até lá, desejo-vos um fim-de-semana cheio de cor e vida boa!

Banquetas crush

Follow my blog with Bloglovin

Sou a favor de bancos e banquetas. De todos os tamanhos e feitios, desde que divertidas e coloridas. Sou a favor dos designers portugueses. Da sua criatividade e genialidade na reinvenção dos nossos materiais. Sou a favor do Burel, lã pura que aquece estes dias frios de Inverno.

 

E este é tão somente o acepipe para o a-cor-dar de amanhã ;)

Pouffs by HContadas

1 - Banco Folhos by Burel | 2 - Banco Português by Sara Lamúrias | 3 - Swithy by Two.Six.Studio | 4 - Turn by Cláudia Costa | 5 - Banco Pregas by Gonçalo Campos | 6 - Banco Ovelha by Tiago Silva

 

Programinha a dois

M&G by HContadas

Às vezes sabe bem raptar um dos filhotes, para um programinha a dois. Parecendo que não, eles agradecem umas horas de mãe a tempo inteiro e eu agradeço curti-los, um de cada vez, em registo filho único.

A manhã de sábado estava prometida ao Gonçalo há já algum tempo. E embora não tenha feito grandes planos, começámos com o pé direito e um pequeno-almoço caprichado no Careca. Seguiu-se brincadeira no parque, antes de rumarmos à natação. Pelo caminho ainda tive tempo para lhe tirar umas chapas e, como ditam as modas, umas "boothies" a dois.

 

Já dizia o anúncio "para mais tarde recordar" e se há imagem que quero guardar, é este sorriso aberto que me enche o coração!

O amor está no ar

Serei só eu a achar que o amor anda, não só pelo ar, como também pelas marcas?

Senão, vejamos o moodboard que criei. Não percebo grande coisa de marketing, mas diria que isto é sintomático que as marcas estão cada vez mais a apostar numa relação emocional com os seus clientes. E, no caso dos blogues, com os seus leitores. O que é que vocês acham?

Imagens: 1,2,3,4,5,6,7,8,9,10

 

Das coisas boas da vida

Gosto de receber amigos em casa. Da informalidade que se gera na cozinha enquanto as crianças almoçam. Da conversa à volta da mesa. Do reviver das lembranças comuns. Do entra e sai dos miúdos, quando tardamos a terminar a refeição.

E gosto dos preparativos. Gosto de dar um jeito à casa. Olhar para ela com olhos de ver. Caprichar na decoração. Substituir a louça do dia-a-dia pelo serviço de jantar.

Ontem houve almoço lá em casa e aproveitei o pretexto para estrear as minhas últimas aquisições, duas travessas com o cunho Bordallo Pinheiro.

A verdade é que, depois de Catarina Portas, Joana Vasconcelos e os portugueses em geral, foi a vez da Zara Home se render à irreverência e criatividade da fauna Bordallo Pinheiro. E na colecção Outono / Inverno do gigante espanhol pudemos encontrar alguns dos animais mais emblemáticos da fábrica das Caldas, como as lagostas, andorinhas ou caracóis, a pontuar travessas, jarras e outros acessórios de cozinha.

Quanto a mim, andei a namorá-los durante toda a estação e, por altura dos saldos, lá me resolvi a comprar as travessas. Uma delas é redonda, tem dois ratinhos pintados e é ideal para servir queijos. Na outra, o príncipe virou sapo e, enquanto espera pelo beijo da sua amada, lá se vai deliciando com os prazeres da gula ;)

Boa segunda-feira. Boa semana!

BordalloPinheiro01 by HContadas

BordalloPinheiro04 by HContadasBordalloPinheiro03 by HContadas

Pág. 1/4

About me

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Histórias Contadas no Bloglovin

Follow on Bloglovin

Histórias Contadas no facebook

Arquivo

  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2015
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2014
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2013
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2012
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D