Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Histórias Contadas

A imagem da Home Glam

António Lobo em entrevista

Interviewing António Lobo

O logotipo é o rosto de qualquer empresa. É um dos importantes elos que a une aos clientes, fornecedores e parceiros. É a imagem de marca.

A imagem corporativa da Home Glam foi desenvolvida por António Lobo, um designer português com uma vasta experiência na conceção, design e estratégia de marca, e que tem colaborado em projetos nas mais variadas áreas desde a cultura à tecnologia, passando pelas comunicações. 

Nesta entrevista, abrimos a janela para o mundo do design e fomos saber o que inspirou António na criação da imagem de marca da Home Glam.

The logo is the face of a company. It bonds it to clients, suppliers and partners. It is the image of the brand.

The corporative image of Home Glam was developed by António Lobo, a Portuguese designer with wide experience when it comes to conceive, designing and defining a brand strategy. He developed projects in completely different areas from culture to technology and communications.

In this interview we open up the window to the world of design and we tell you what inspired António Lobo in the creation of Home Glam’s image.

 

Quão importante é a imagem para o sucesso de uma empresa?

Uma empresa e os seus produtos, por melhor que seja, não tem visibilidade junto do público sem uma imagem adequada. Um produto de excelência pode atingir uma presença forte no mercado, porém um "rosto", ou seja, uma identidade visual que corresponda ao seu perfil torna esse processo mais rápido e faz com que a adesão do público seja muito mais positiva, criando laços mais fortes e com futuro.

How important is the image for the success of a company?

Despite the quality of the company and the quality of their products, a company needs to communicate well in order to reach its audience. You can have an excellent product but it needs a visual identity, in order to have a strong presence in the market, or at least achieve this presence faster than it would only for its quality. This identity connects the brand to its consumers.

Qual o conceito por trás da imagem da Home Glam?

O conceito básico é o amor pela casa, pelo espaço próprio, pelo design, conforto e tudo o mais que gira em torno dessa paixão por uma vida com qualidade.

What is the concept behind the image of Home Glam?

The basic concept is the love you have for your home, for your own space, for the design and the comfort. Overall, the passion for a life with quality.


Há quanto tempo anda nestas lides?

Ainda longe de pensar que acabaria como designer já me pediam ilustrações, capas, imagens e logotipos que transmitissem a identidade de um produto ou um lugar. Entregavam-me a responsabilidade de os comunicar visualmente. Tudo isto nos finais dos anos 70 e início dos 80.

How long have you been in the field?

People asked me for illustrations, logos and images that expressed the identity of a product long before I could ever imagine a career as a designer. I think that it was in the 70s and the 80s that business men started to ask me to make the communication of their company visually.

 

Quais as principais diferenças entre o design de agora e o design de quando começou a sua actividade?

Quando comecei o exercício do design era completamente diferente. Na altura, só a palavra já suscitava muitas dúvidas e perguntas. Hoje toda a gente usa o termo "design". A edição e o desenho digital através dos computadores revolucionaram por completo a forma pela qual se obtêm resultados, sendo muito diferente do tempo do corta e cola e da "letraset" pelo qual passei. Design não é apenas estilo, não é apenas conceber coisas melhores ou bonitas, como também não é apenas descobrir soluções ou novos processos. Vai muito além disso e está em constante evolução.

What are the main differences among the design of today and the design when you started?

When I started, the design was completely different. Back in the day, people struggled a lot to define what was design after all. Today it is a common word. Also, the use of computers completely revolutionized the techniques. But there’s one thing that should be kept in mind. Design is more than just style, more than make better and more beautiful things, or finding solutions. It goes way beyond that and it is constantly evolving.

 

Tendo criado a imagem da marca Home Glam e da marca Uma Casa Portuguesa (parceira da Home Glam), que mostram o que Portugal tem de bom, o que considera que precisamos para nos tornar mais competitivos nos diversos mercados?

A nossa única possibilidade de sobrevivência neste mundo globalizado é através da diminuição da distância entre os industriais, os investidores, os artesãos e os designers. Nós temos por cá inúmeras possibilidades mas desprezamo-las. Por exemplo, grande parte das formas de produção artesanal podem perfeitamente ser optimizadas. É de lamentar a preferência que muitas vezes se dá aos produtos estrangeiros que por vezes até acabam por ter uma qualidade pior. Mas possivelmente estaríamos em melhor situação se a orientação tivesse sido outra e se a visibilidade no mercado fosse mais sólida, ou seja, se tivéssemos bons designers à altura dos projetos.

You’ve created the brand for Home Glam and Uma Casa Portuguesa (Home Glam partner), which show the best things Portugal has to offer. What do you think we need in order to become competitive on the market?

Our only possibility to survive in this globalized world is by reducing the distance between the industries, the investors, the craftsmen and the designers. We have uncountable possibilities but we despise them. For example, great part of craft production can be optimized. I regret the preference that is often given to foreign products that sometimes end up having a worst quality. But we might be better if companies had other guidance based on a strong presence on the market and having a good designer on the team would certainly help to achieve that.

 

Quer deixar alguma mensagem para os nossos leitores?

Devemos ser mais exigentes nas nossas escolhas e tentar sempre favorecer o crescimento da produção nacional e projecção internacional. Se não formos nós próprios a fazê-lo ninguém o fará por nós.

Do you want to leave a message for our readers?

Yes. I think we should demand more when it comes to our choices and always try to help the growth of our production and also its projection on the market. If we don’t do that, no one will do it for us.

 

Autora | Author: Rita Bernardo

About me

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Histórias Contadas no Bloglovin

Follow on Bloglovin

Histórias Contadas no facebook

Arquivo

  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2015
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2014
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2013
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2012
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D